A sigla IMEI (sigla para International Mobile Equipment Identity – Identidade Internacional de Equipamento Móvel) refere-se à uma sequência de números que caracterizam os diferentes dispositivos da área de telecomunicações. Estes códigos são usados junto às operadoras de telefonia celular quando se precisa bloquear um aparelho que foi roubado, por exemplo. Mas não são só os celulares e smartphones que possuem estes códigos. Rastreadores, tablets, e todos os outros dispositivos que têm conectividade com a internet (geralmente via GSM – com uso de Sim Card), tem um IMEI relacionado. Vamos explicar agora como funciona e como é utilizado o IMEI.

O código IMEI dos aparelhos é composto por 16 dígitos, como por exemplo: 35.325807.398494-7 e tem estrutura composta por 4 blocos. Os dois primeiros mostram qual é o dispositivo que está sendo tratado, marca e modelo. O bloco seguinte é o número de série do aparelho, que torna o código único. Por fim, temos o dígito verificador, que valida a sequência numérica. Diferente do SIM CARD, este número não pode ser transportado de um aparelho para outro, e portanto não acompanha o usuário. Desta forma, por questão de segurança utilizam este código para bloquear um aparelho roubado. As operadoras de telefonia possuem uma ‘lista negra’ com números IMEI que não podem ser conectados na rede e portanto não autenticam sua conexão com a rede, negando qualquer tentativa de ligação, SMS ou transmissão de dados.

Olhando para a tecnologia desta forma, fica fácil entender que o IMEI pode facilmente ser utilizado para garantir a segurança do aparelho, mas não garante o uso correto do SIM Card. Por isso surgiu o IMEI LOCK, que é a tecnologia que permite a ligação do número de série do aparelho com o do chip. Avaliando uma aplicação real, como no caso de rastreamento veicular. Todos os dispositivos rastreadores possuem um IMEI. Dentro deles, estão o chip de dados que fará a comunicação da informação para a internet. Os Sim Cards possuem um números de identificação, chamado ICCID que é o número de série do chip (em breve você conhecerá mais sobre este conceito, acompanhando o TecnoLink). A função IMEI Lock permite que seja feita a comparação entre os dois números, garantindo ambos estejam corretamente pareados. Isso evita fraudes, uso indevido de dados, ou mesmo mau uso de aparelhos. Esta segurança funciona muito bem para diversos mercados, como por exemplo máquina de cartão de crédito (POS), dispositivos da área médica, Sistema de Captura de Informações para Pontos de Vendas, Tablet Corporativo, Tornozeleira Eletrônica, Equipamentos de Telemetria Industrial, Ponto de acesso de Internet Móvel, entre outros.

Garanta a segurança da informação e dos dispositivos da sua empresa, utilizando a tecnologia de IMEI Lock. Os dispositivos conectados à internet precisam cada vez mais de recursos que evitem o mau uso e excessos, garantindo que a operação tenha ganho operacional e financeiro. Busque mais informações no mercado e converse sempre com sua área técnica para entender como aplicar esta tecnologia no seu produto ou serviço. Fornecedores como a Link Solutions estão preparados para o desafio e podem garantir a implantação correta do IMEI Lock na sua operação.